terça-feira, julho 18, 2017

Os amantes

(Fresco de Pompeia)

Os amantes sabem-se de cor
têm-se mapeados na polpa dos dedos
desenhados na pele que percorre o caminho
da nuca, vértebra a vértebra, até ao sacro


Os amantes, como os pássaros,
Cruzam os céus em voos estonteantes
Rasam os perigos sem medo, cantando
Sem que gaiola alguma os aprisione


24 comentários:

  1. "até ao sacro"!
    O espaço sideral não tem limites, de facto. :)

    Boa tarde, Maria Eu.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem limites. De todo!

      Boa noite, Impontual. :)

      Eliminar
  2. I'm thinkin' Pompei was kind of a wild place
    while it lasted.

    Nice choice on the music video today.
    I've always like Nick Cave.

    It's sooo hot here.
    Kisses for you.
    xxx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. What's left of Pompei tells us fantastic stories.

      kisses, Rick. :)

      Eliminar
  3. Poesia linda esta que escreveste Maria. Muito bom !

    ResponderEliminar
  4. Respostas
    1. Depende do que considerarmos "violar".

      Beijinhos, Puma :)

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Assim o queiram. Assim lho permitam.

      Beijos, Luísa :)

      Eliminar
  6. Maria, o amor tem a virtude, não apenas de desnudar dois amantes um em face do outro, mas também cada um deles diante de si próprio;)

    Bela música de Nick Cave (como sempre)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nick Cave combina bem com os amantes, não combina?

      Beijinhos, Legionário :)

      Eliminar
  7. É por isso que há noites com luas tão excessivas como as paixões...
    Que poema tão belo Maria Eu!
    Uma boa semana.
    Beijos,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Graça! Muito!

      Boa noite e um beijo. :)

      Eliminar
  8. Inspirado poste, Maria.
    Os amantes tão perto e distantes, pasto do ruído e da intriga hoje como dantes
    são deuses que guardam o saber
    da anatomia nua de preconceitos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sejam surdos, os amantes. Sejam, sobretudo, felizes!

      Beijinhos, Agostinho, e obrigada. :)

      Eliminar
  9. Bom poema. O Fresco já o vi em Pompeia, a música já a ouvi ao vivo.. Nick cave combina de facto com os amantes, ainda assim teria escolhido outra para este poema..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada,Paper Cut!
      Sortudo, a ver e ouvir coisas belas!

      Beijinho e obrigada pela visita :)

      Eliminar
  10. Respostas
    1. Muito obrigada pelas tuas palavras, Graça

      Beijo :)

      Eliminar